23/02/2015

CIN da Fiems e empresários reúnem-se para tratar de ações internacionalização

O CIN (Centro Internacional de Negócios) da Fiems reuniu empresários de vários segmentos da indústria para tratar de ações de internacionalização que serão realizadas ao longo deste ano e podem ser viabilizadas por meio de convênios da CNI com o Sebrae Nacional - Projeto Inseri Pequenos Negócios (Inserção Internacional Competitiva de Pequenos Negócios), APEX (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) ou EEN (Enterprise Europe Network).

O cronograma de ações será definido após a manifestação de interesse de todos os Estados e vai contemplar os segmentos do vestuário e têxtil, calçadista, moveleiro, alimentos, plástico e borracha, além de máquinas e equipamentos.

 

Segundo a coordenadora do CIN da Fiems, Fernanda Barbeta, a reunião com os empresários é imprescindível para conhecer quais as ações de interesse de cada segmento e proporcionar aos empresários o conhecimento de novos mercados. "Este trabalho visa a internacionalização das empresas, além de proporcionar também o conhecimento de novos mercados, negociações e até mesmo capacitação", declarou.

 

Para o presidente do Sidmad/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Móveis em Geral, Marcenarias, Carpintarias, Serrarias, Tanoarias, Madeiras e Compensados de Mato Grosso do Sul), Juarez Falcão, o segmento tem interesse em várias ações apresentadas. "Este trabalho é de extrema importância e a diretoria do Sindmad vai definir quais serão as prioritárias", disse.

 

O presidente do Sindical/MS (Sindicato das Indústrias de Calçados do Estado de Mato Grosso do Sul), João Batista de Camargo Filho, também ressaltou a importância do encontro para que os empresários possam definir e organizar a participação. "Agora vamos falar com nossos associados oferecendo opções, pois tem um leque grande, tanto no Brasil quanto no exterior e a participação do empresário é fundamental", salientou.

 

À frente do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), José Francisco Veloso Ribeiro também participou da reunião e destacou que presença dos empresários em ações que visem à internacionalização e participação em feiras é um diferencial competitivo. "A participação nestas ações proporciona um ambiente para mais competitividade e a inserção das empresas aqui do Estado, sobretudo as micro e pequenas neste cenário é de extrema importância", pontuou.

 

 

Edição Online

23.02.2015

Edição 72

Ver Edição

Fiems no facebook

Fiems no twitter

Edi��es Anteriores